Aldeia Indigena
Casa da Cultura
Dados Gerais
Festas e Eventos
Forte São João
História Bertioga
Itatinga
Praias
Rios, Ilha e Canais
Sesc
Trilhas/Ecoturismo
Associação Amigos
Fundação 10 de Agosto
História
ISO - Política Ambiental
Lazer
Projeto
Reciclagem
Shopping
SIV
Viveiro
Dados do Município
História SB
Praias SB
Cuidados nas Trilhas
Dengue
Economia de Energia
Escunas
Feng Shui
Gastronomia
Hospedagem
Obras
Ostras
Paisagismo
Parque Estadual
Pesca
Piscina
Raios
Segurança
Verão e Sol
 
 
 
 
 
Bertioga »  Rios,Ilha e Canais » Rios
 
Os rios são atração especial em Bertioga

Rios são opções de lazer

Eles não são apenas importantes para o abastecimento de toda a região, mas também viraram palco para passeios, pesca, prática de esportes náuticos e, inclusive radicais. Em suas três bacias hidrográficas formadas pelos rios Itapanhaú, Itaguaré e Guaratuba, além de seus afluentes, Bertioga oferece inúmeras opções de passeios e prática de esportes diferentes.

Basta reunir um grupo e sair de barco pela região para se encantar com a paisagem em alguns trechos dos afluentes do Itapanhaú como os rios Guaxinduva e Jaguareguava. Neste há determinados locais em que se desce do barco, sendo possível caminhar pela água até o rio voltar a ser navegável.

Para os amantes de esportes, há locais próprios para canoagem com passeios em canoas canadenses ou até mesmo para brincar em caiaques. Geralmente esses passeios são feitos em pequenos grupos, por agências de turismo especializadas, que garantem a embarcação, equipamento completo, inclusive de segurança, e acompanhamento de monitores.

Em alguns trechos, as embarcações passam por manguezais onde os grupos podem conhecer um pouco desse rico ecossistema considerado um criadouro natural de espécies marinhas. Para participar da aventura é só agendar seu passeio com as agências de turismo da cidade.

Itapanhaú, o mais importante dos rios

Tema de estudo do Instituto de Pesquisa e Ciências Ambientais de Bertioga, o Rio Itapanhaú integra uma parcela significativa dos ecossistemas naturais. Sujeito a ação das águas marinhas e, portanto, com grandes áreas de manguezais, é utilizado para recreação com atividades de pesca esportiva, navegação de lazer e ecoturismo. A Sub-Bacia Hidrográfica do Itapanhaú, com área de drenagem de 261,6 km², é considerada a mais importante do Município.

Além de ter suas águas destinadas ao abastecimento domésticos com a captação de água para a Sabesp e Sesc nos córregos Pelaes, Furnas e Guaxinduva, também serve a nova captação de água para o bairro Indaiá/Sabesp e o loteamento Riviera de São Lourenço. No entanto, recebe despejos de efluentes além das águas da Usina Hidrelétrica de Itatinga, mantida pela Companhia Docas de São Paulo (Codesp).

O Rio Itatinga é o principal afluente do Itapanhaú. Sua bacia, de 104 km², está quase toda contida na Serra do Mar. Outra afluente importante da margem direita é o Rio Jaguareguava com área de drenagem de 26,4 km². O Itapanhaú nasce nas encostas da Serra do Mar, traça sulcos que separam nas grandes escarpas os espigões e deságua no canal de Bertioga atravessando a planície marítima. Por não desaguar em mar aberto, criou condições para a formação de extenso manguezal em seus últimos 13 km.

Em trechos superiores, nas encostas da Serra do Mar, possui corredeiras e cachoeiras. Na parte intermediária, as características são típicas de rios de planície com meandros e braços e, no trecho inferior, o rio desenha furos e meandros. Mas, à medida que vai recebendo seus afluentes cria uma tonalidade escurecida pelos compostos orgânicos de natureza complexa. Próximo a foz, cria condições para o manguezal, uma prova do equilíbrio entre o mar e o rio.

Jaguareguava, um vale dourado

Um rio que forma prainhas com águas cristalinas e fundo dourado. Essa imagem rara não fica tão longe assim. Basta pegar um barco e se aventurar pelo Rio Jaguareguava, um dos afluentes do Itapanhaú, durante um passeio que reserva surpresas.

Durante o passeio, o grupo visita o mangue, ecossistema que abriga caranguejos e várias espécies. O barco segue pelo Itapanhaú até entrar no Jaguareguava onde as águas cristalinas possibilitam ver o fundo do rio. Em alguns trechos, o grupo desce do barco nos pontos rasos próximos às prainhas que se formam no local, para banhos refrescantes e mergulhos. Quanto mais se aproxima da Serra do Mar, as árvores vão formando túneis criando um cenário majestoso, principalmente quando os raios do sol contribuem para o tom dourado refletido nas águas.

Guaratuba: Deságua no Oceano Atlântico; é considerado excelente para a pesca amadora.

Itaguaré: Também deságua no Oceano Atlântico. Bom para passeio de canoa e pesca de robalo, tainha e outros peixes. Após adquirir noções básicas de canoagem, pode-se percorrer 4 km pelo rio, indo do mangue até a mata de encosta da serra.
 
     
 
       
 
 
 
 
  Saiba um pouco mais do potencial de Bertioga, Riviera e São Sebastião.   Telefones úteis de Bertioga, Riviera e São Sebastião.   Conheça as praias de Bertioga e São Sebastião. .   Dicas de passeios e festas da região.  
         
 
Riviera Administradora Patrimonial Ltda. | E-mail guia@guiadariviera.com.br
Crédito das fotos:
Dú Zuppani, Pedro Resende, Renata de Brito, Jair Favero, Luis Nelson, Francisco Simões, Willi Kruise e fotos de arquivo.